Archive for junho \27\UTC 2012

High Advanced

junho 27, 2012

Praticamente da cor da areia. RISOS

Dá última vez que escrevi contei que faria uma prova e dependendo do resultado avançaria 1 ou 2 níveis. Pois é. Eu passei com mérito e avancei 2 níveis. Sou aluna da turma do High Advanced agora. E o que isso significa? Muito mais estudos, muito mais desespero de causa e crises de ansiedade. risos. Hoje fiz minha primeira prova. Não foi tão ruim o quanto esperava mas duvido que tenha tirado mais que um C (acertado mais que 55% das questões). Tecnicamente não tenho mais para onde avançar no caso de passar nessa prova e na próxima. Para mudar de turma minha única opção agora seria sair do General English e cursar Pre Degree, Advanced Business, TOEFL ou IELTS. Como minhas aulas acabam no dia 3 de agosto e eu não tenho objetivo de cursar uma universidade aqui em Toronto (pelo menos não esse ano) ou trabalhar por aqui, a melhor coisa é eu continuar onde estou. Além do mais, economizo na grana do livro. A única coisa que devo mudar a partir do dia 13 de julho será minha eletiva. Sairei do Writing e tentarei vaga no Academic Writing.  Porque eu reclamo que estou estudando demais mas sempre tô procurando sarna pra me coçar.

Fui a praia. 2012, o ano que fui a praia mais de duas vezes. Coisa rara. Muito estranho como os banhistas aqui são silenciosos, salvo algumas exceções (jovens, essa tribo que só sabe se comunicar aos berros). E não ter vendedor passando e te vendendo de tudo? Aqui você leva a sua comida e bebida para não morrer de fome e sede. E não é considerado farofeiro.  Sempre tem alguma lanchonete por (quase) perto. Ah, e banheiro público e limpo. Não é limpo tipo o da casa da gente mas é limpo o suficiente. Outra diferença é que na praia prevalece a Lei de não consumir bebidas alcóolicas que quase todo mundo respeita (a juventude curte viver perigosamente). A água é gelada mas não estava nem tão gelada quanto eu esperava. Até rolou um certo arrependimento de não dar uma mergulho. Só molhei os pés. E tem pedra. Muitas pedras na areia. Faz-se necessário prestar atenção quando for deitar pra não voltar da praia toda roxa.

30 days

junho 12, 2012

Image

Hoje completo 30 dias em solo canadense. Como disse @MicaRM no twitter, parece que foi ontem que eu estava desesperada porque meu visto tinha sido negado e a resposta da nova tentativa não chegava. Tudo aqui continua bem. O dinheiro tá mais escasso (fiz um nova conta e agora só posso gastar 4 doláres por dia. risos) mas mesmo assim vale muito a pena. Tenho aprendido muito e estou mais segura. Amanhã tenho uma nova prova. Dependendo do resultado avanço 1 ou 2 níveis, o que implica em comprar livros novamente. Dinheiro esse que deixei separado.

Tenho saudades da minha mãe, da minha casa, dos meus amigos. E essa saudade só cresce. Gostaria muito de poder reunir tudo a minha volta. 2012 e ninguém inventou o teletransporte. Seria muito bom nos finais de semana poder visitar o Brasil, matar as saudades e voltar para estudar. 😛

Esse mês começam vários festivais por aqui. E muita coisa de graça. A partir de segunda-feira minhas aulas começaram meia-hora mais cedo mas para compensar terminarão meia-hora mais cedo também. Meu atual professor disse que todo verão é assim por conta da chegada dos aborrescentes adolescentes. As aulas deles começam às 14h, por isso precisam acabar as aulas da manhã às 13h30. Tentarei rodar mais pela cidade porque segundo o mesmo professor tem muita coisa para se fazer, o problema é que sinto fome, e fome implica em gastar dinheiro na rua. risos

Outra coisa sobre passeios, geralmente as ofertas que recebemos na escola são de noitadas, tipo festas em barcos ou boates. E eu posso estar num outro país mais não mudei de personalidade. Adolescente eu já não curtia essa coisas, imagina burra velha. Minha ideia é buscar roteiro de parques e aproveitar para sentar num baquinho e ler até cansar. Também tenho a intenção de conhecer novos restaurantes. Eu quero experimentar comida etíope que dizem ser maravilhosa e farta. Em pensar que vergonhosamente sempre associei Etiópia a fome. Quem nunca pré-julgou nada, principalmente por ignorância (no sentido de ignorar algo) que atire a primeira pedra.